Robson Achiamé, Editor e Anarquista

Posted on 13/11/2014

0


É com grande tristeza que a FARJ recebeu a notícia do falecimento de Róbson Achiamé Fernandes no último dia 9 de novembro, ocorrida no Estado de Santa Catarina, para onde o companheiro havia se mudado em 2013 para tratamento de saúde.

Fundador em 1978 da editora Achiamé, publicou dezenas de títulos libertários das mais variadas temáticas e tendências, que contribuíram enormemente para a semeadura das ideias anarquista no país. Em 1994, lançou o Letralivre, revista de “Cultura Libertária, Arte e Literatura”, uma das mais importantes publicações libertárias contemporâneas no Brasil, que perdurou até 2009, sendo lançados 50 números.

A trajetória do anarquismo na cidade do Rio de Janeiro a partir dos anos 1990 teve a presença constante e intensa deste companheiro. Por muitos anos, o informativo Libera…Amore Mio foi composto com o auxílio precioso de José Carlos Santos (falecido em 2009) na pequena sala da editora Achiamé na Praça Tiradentes e, depois, na casa da família Achiamé, à Rua Clemente Falcão, na Tijuca. Além do apoio sempre presente, Róbson distribuía centenas de Liberas nos pacotes de livros que enviava para todo o Brasil. Róbson também esteve presente no ato de fundação de nossa organização, no dia 30 de agosto de 2003.

A Federação Anarquista do Rio de Janeiro, entristecida, homenageia esse semeador no anarquismo, ilustre botafoguense e um grande coração.

Que a terra lhe seja leve, querido companheiro.

Robson foi um grande divulgador da ideologia anarquista.

Robson (à esquerda) foi um grande divulgador da ideologia anarquista.

Anúncios