Livros e CDs

CD 20 Anos do Libera vol 2

segundo volume do CD Libera 20 Anos. O primeiro volume foi lançado em 2011 e contava com todas as publicações do jornal até a data de seu lançamento. Neste segundo volume, foram adicionados mais dois números (#151 e #152), bem como os cinco números de outro importante periódico anarquista, O Mutirão. O jornal O Mutirão esteve em circulação de março de 1991 a fevereiro de 1992. Brevemente, mais detalhes sobre a existência deste jornal serão postados no site.

Núcleo de Pesquisa Marques da Costa – 2012
Para comprar: emece1924@yahoo.com.br

A Luta Social em Vila Isabel

Livro escrito pelo jornalista Milton Lopes narra os conflitos entre operários e patrões no bairro de Vila Isabel. O título é uma boa dica para aqueles que desejam conhecer um pouco sobre a história das lutas sociais no bairro em que funcionara a fábrica de tecidos Confiança.

“A chaminé outrora fumegante, da antiga fábrica Confiança, hoje desativada, eleva-se de forma imponente sobre as casas e os prédios residenciais do bairro de Vila Isabel. A cada esquina, a cada rua, cujos horizontes permitem vislumbrar o conjunto arquitetônico da antiga fábrica, somos confrontados com elementos de um passado não tão distante, que se confunde com a própria história do bairro e de seus trabalhadores.” Rafael V. da Silva

Núcleo de Pesquisa Marques da Costa – 2011
Título lançado em comemoração aos 10 anos da Biblioteca Social Fábio Luz  (2001 – 2011)
Preço: R$ 6,00 (sem valor de frete)
Para comprar: emece1924@yahoo.com.br

Negras Tormentas – O Federalismo e o Internacionalismo na Comuna de Paris

Alexandre Samis

A Comuna foi a realização de uma parcela significativa dos trabalhadores de Paris. Foi, antes de tudo, um fenômeno de autoinstituição da classe, conceito tomado emprestado de Cornelius Castoriadis. Ela não foi, como tentou-se fazer crer depois disso, uma efeméride tributária de uma ideologia e muito menos realizada a partir das prescrições de alguma mente brilhante. A Comuna foi a realização de um ente coletivo – podemos chamar de povo, como gostava de classificar Proudhon as diversas forças sociais, ou o Partido do Trabalho – organizado a partir de uma tradição federalista e internacionalista.

Editora Hedra – 2011

Minha Pátria é o Mundo Inteiro, Neno Vasco, O Anarquismo e o Sindicalismo Revolucionário em dois Mundos

Alexandre Samis

Obra de pesquisa histórica do historiador brasileiro Alexandre Samis sobre Gregório Nazianzeno Moreira de Queirós e Vasconcelos, mais conhecido por Neno Vasco (1878-1920), um intelectual que actuou nos meios operários em Portugal e no Brasil com particular importância na imprensa sindicalista da época. Apesar da sua morte prematura destacou-se como um dos mais importantes militantes libertários do começo do século XX, sendo autor do livro «A Concepção Anarquista do Sindicalismo».

Editora Letra Livre (Lisboa)

Crônica dos Primeiros Anarquistas do Rio de Janeiro (1888-1900)

Milton Lopes

Além de passear, de forma competente e erudita por fatos, total ou parcialmente desconhecidos da maioria de especialistas, o autor oferece generosamente ao pesquisador-leitor que, por felicidade venha a “tasquinhar” as páginas deste livro, a evidência de muitos campos ainda inexplorados pela pesquisa da História Social carioca.

Editora Achiamé. Vendas  Editora/Cooperativa Faísca

 Anarquismo Social e Organização

Anarquismo Social e Organização é o programa da FARJ, aprovado no I Congresso da federação, realizado em 30 e 31 de agosto de 2008, documento que reflete a teoria da organização após 5 anos de luta e de inserção social.

O documento possui seu foco sobre a questão da organização e passa por diversos temas: anarquismo social; luta de classes e relações centro-periferia; breve história do anarquismo no Brasil; perda e tentativa de retomada do vetor social do anarquismo; capitalismo e Estado; a revolução social e o socialismo libertário como objetivos finalistas; os movimentos sociais e a organização popular. Há uma parte que aprofunda a discussão sobre a organização específica anarquista, passando pelos círculos concêntricos e organização em frentes, dá destaque para as questões do trabalho e da inserção social, da produção e reprodução de teoria, da propaganda anarquista, da formação política, das relações e gestão de recursos. Além disso, dá destaque para a discussão das relações da organização específica anarquista com os movimentos sociais e enfatiza a necessidade de estratégia, tática e programa. Finalmente, há um capítulo que fecha o programa retomando os principais pontos da discussão e reivindicando o especifismo como forma de organização anarquista, comparando-o com outras concepções de organização e retomando sua tradição histórica, como assim a entendemos.

Editora/Cooperativa Faísca

Anúncios
3 Responses “Livros e CDs” →

  1. paulo henrique linguiça

    24/06/2015

    ola companheir@s sera que voces tem o livro contra metodo feyerabend
    bem gostaria de ler abraços linguiça motim teatro

    Responder

  2. Eduardto T. N. da Rocha

    17/08/2017

    Boa tarde! Quanto custa o CD do Libera Vol. 2. Nele está contidos todos os jornais até o momento? Como faço para adquirir e peço indi cação de livrarias ou editoras. Grato, Eduardo T. N. da Rocha – Criciúma – SC. Abraço no amigo Renato e todos batalhadores por um Mundo melhor e justo!

    Responder

Deixar um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: