I Encontro Economias Coletivas

Posted on 23/11/2013

4


Poder popular é muito mais que uma frase. O poder popular é um meio e um objetivo. Não é uma frase vazia, não é um discurso que se desintegra no ar.

O poder popular se materializa nos instrumentos do hoje e do amanhã.

Não acreditamos na “reforma” do capitalismo, nem uma transformação por dentro desse sistema. Acreditamos na luta. E para construir movimentos populares e sindicatos fortes com o objetivo de construir uma ruptura revolucionária precisamos garantir sua independência e autonomia.

Assim como o imposto sindical e a estrutura corporativista burocratizam os sindicatos, a relação de dependência das instâncias populares aos políticos, o governo e/ou empresas só pode caminhar para a integração no sistema.

Ao não darmos alternativas concretas, o povo buscará as ONG’s, a direita, os partidos eleitoreiros e todos os que trabalham para a integração nesse sistema de dominação.

Por isso precisamos trabalhar para garantir sua autonomia à partir de relações de solidariedade e apoio mútuo! Garantir que a luta dos movimentos populares não fique refém de nenhuma instância externa. É na solidariedade econômica apontando sempre para a luta que o poder do povo é construído no presente.

1399354_351160428362989_330947176_o

Convite Geral

(http://economiascoletivas.noblogs.org/convite-geral/)

I Encontro Economias Coletivas

O encontro economias coletivas está se aproximando e é com grande alegria que convidamos vocês, movimentos sociais, cooperativas, grupos, pessoas interessadas e tod@s que estamos nas lutas por uma outra economia, uma outra sociedade, para estar conosco no Domingo, 24 de novembro, das 8h00 até as 18h00 no Morro do Timbau na Maré (Endereço: Loja da Roça! Rua Caetés, 82 – altura da Pass. 8 da Av. Brasil)

O encontro contará com espaço para cada grupos apresentar sua luta e suas experiências concretas com economias coletivas pela parte da manhã para, durante a tarde podermos aprofundar discussões em três grupos de trabalho seguindo:

“A economia que queremos e como construir o caminho…

… do financiamento ao investimento coletivo
… da exploração à produção coletiva
… da comercialização à circulação

Em seguida socializaremos e juntaremos as propostas dos grupos de trabalho.

O dia todo terá atividades culturais e cada grupo terá disponível uma mesa para expor seus produtos e onde interessados podem tirar dúvidas e fazer contatos.

Terá um painel para cada grupo que informa sobre sua atuação. Para podermos criar os painéis, os grupos devem enviar seus textos e fotos para economiascoletivas@gmail.comaté o dia 17/11. Com isso também será produzido um caderno com todos os grupos para todos os participantes do encontro.

O encontro é aberto para tod@s, e para a parte da tarde com o encerramento com atividades culturais se tornará em uma feira popular.

Para quem participar do dia inteiro, favor façam o registro via correio eletrônico, terá um almoço e cafézinho da tarde para tod@s os participantes que fizerem esse registro até o dia 17/11. Será cobrado um valor de R$ 10,00 por pessoa no dia do encontro.

Já o café da manhã será coletivo com contribuições dos grupos. Tragam algo que gostariam dividir e que nós dê a energia para um bom encontro.

Terá atividades para as nossas crianças, sessão de CinePipoca, etc.

Nos vemos no dia 24/11!

Juntos somos fortes.

A comissão organizadora.

Anúncios