Regional Baixada do MST realiza encontro dos Sem Terrinha

Posted on 14/11/2012

0


Divulgamos aqui o balanço do encontro dos sem-terrinha que envolveu a militância do MST aqui no estado do Rio de Janeiro.

Durante os dias 05 e 06 de outubro de 2012, na creche comunitária, próxima ao assentamento Terra Prometida do MST em Tinguá, Nova Iguaçu, foi realizado o encontro Regional dos Sem Terrinha.

O encontro teve como tema “Sem Terrinha: Por Escola, Terra e Alimento Sem Veneno, Rumo ao VI congresso do MST”, e  contou com a participação de 50 Sem Terrinhas oriundos dos assentamentos do MST e da comunidade local. Também participaram do encontro militantes do MST e oficineiros amigos do MST no Rio de Janeiro.

A realização do encontro Sem terrinha seguiu uma orientação do MST a nível nacional, que foi debater as questões do VI congresso que acontecerá em 2013 e também a solidariedade as crianças da Palestina. Além de trabalhar temas que ainda não são garantidos para as crianças do campo, como escola e educação de qualidade, a garantia de poder estarem assentadas e poder produzir alimento saudável.

Foto: Mirian Benetti/Imagens do Povo

A abertura do encontro foi muito animada e também muito mística. Foi apresentada para as crianças um pouco da história da Palestina, através da simbologia que marca a história desde sofrido país, principalmente para as crianças: a pedra, o lenço e a bola. Depois desse momento de abertura, as crianças foram dividas por idade e elaboraram cartas e desenhos para as crianças da Palestina que serão entregue no fórum da Palestina que ocorrerá no Rio Grande do Sul ainda este ano.

Além de trabalhar com as crianças a solidariedade internacionalista, foram realizadas oficinas que dialogaram com encontro, como: agroecologia, fanzine e elaboração de cartazes e capoeira, que ocorreram no primeiro dia. Já no segundo dia com muita ansiedade do dia anterior, foi o momento do passeio em um sítio de lazer e teve festa de encerramento, com momento muito místico que foi a leitura de uma das cartas que será enviada para as crianças Palestinas lida por uma Sem Terrinha.

O encontro terminou com gostinho de quero mais pelas crianças, que fazem, constroem e também lutam por esse bonito movimento chamado MST.

Viva os Sem Terrinhas do MST e seguimos na Luta por uma Palestina Livre, onde não tenha crianças presas injustamente, onde possam assim como as crianças brasileiras jogar futebol e poder lutar por um mundo melhor. Bandeira, bandeira vermelhinha, o futuro da nação está nas mãos dos Sem Terrinha!!!

Mais fotos em http://mstrio.casadomato.org/regional-baixada-realiza-encontro-dos-sem-terrinha/

Anúncios