[CAB] Nota de Solidariedade aos Metroviários de São Paulo

Posted on 10/06/2014

0


10295005_260219894164658_3821703196828841233_oNós da Coordenação Anarquista Brasileira (CAB), apoiamos a justa greve dos metroviários de São Paulo, não apenas por melhorias nas condições de trabalho mas em defesa da mobilidade urbana e de um serviço público de transporte gratuito e sem catracas. Acreditamos que os últimos acontecimentos, principalmente os que ocorreram no dia de hoje, são fundamentais para entender o atual estágio de perseguição aos movimentos sociais, populares e sindicais no Brasil, assim como também o atual estágio de desenvolvimento da luta de classes em todo o território. 

Sobre as demissões, é inaceitável que o governo do Estado de São Paulo, na figura do Secretário de Transportes, Jurandir Fernandes, demita 60 funcionários do metrô por “justa causa”, alegando que os mesmos estariam envolvidos em atos ilícitos como quebra de patrimônio ou desrespeito às regras de trabalho, quando fica claro que essa medida é um ato de repressão aos grevistas, perseguição política e meio de intimidação aos outros trabalhadores que continuam firmes em sua greve. O mesmo governo que trata a greve como ilegal e abusiva recorrendo à justiça burguesa do TRT, também desrespeita a lei 7.783/89 em seu art. 6º, § 2º que diz: “É vedado às empresas adotar meios para constranger o empregado ao comparecimento ao trabalho, bem como capazes de frustrar a divulgação do movimento”. Fica claro então que o governo não está de fato preocupado com a legalidade, deixando claro a postura de perseguição e criminalização dos trabalhadores.

Continuaremos apoiando as lutas dos metroviários desde os setores em que atuamos e que já estão em luta constante por um sistema público de transporte gratuito, assim como na defesa das lutas da classe trabalhadora e desejamos a Fraterna Solidariedade aos companheiros que sofrem nesse momento intensa perseguição política.
Nenhuma demissão será aceita!

Construir o poder popular, pela força das ruas!
Protesto não é crime!

COORDENAÇÃO ANARQUISTA BRASILEIRA – CAB