Lançamento da Revista Socialismo Libertário n.2, da Coordenação Anarquista Brasileira

Posted on 29/01/2014

0


Acaba de ser publicado o segundo número da revista “Socialismo Libertário” da Coordenação Anarquista Brasileira. O eixo principal deste número é a questão de Teoria e Ideologia. Seguem abaixo o sumário e o editorial da revista com os links para os artigos na internet. O donwload da revista em PDF também pode ser aqui realizado.

Revista Socialismo Libertário num. 2
Baixe aqui a revista em PDF

Sumário:

Editorial

Esse segundo número da revista Socialismo Libertário concentra-se sobre o tema teoria e ideologia, que vem sendo discutido há anos em nossa corrente e que, no último período, recebeu atenção destacada das organizações da Coordenação Anarquista Brasileira (CAB).

Não se trata, como eventualmente poderia parecer, de um esforço intelectual puramente abstrato: essa discussão, apesar de passar por temas epistemológicos e teórico-conceituais em alguma medida complexos, possui, para nós, implicações práticas muito importantes. Por meio daquilo que agora se discute, conforme apontamos no primeiro texto, buscamos forjar as bases para respostas de um conjunto de questões básicas. “O que é o anarquismo? O que o caracteriza historicamente como tal? Qual é o nosso vínculo com os clássicos anarquistas? O anarquismo é uma ferramenta para teorizar sobre a sociedade, uma prática política que tem por objetivo transformá-la ou ambas as coisas? Devemos utilizar autores de fora do campo anarquista para compreender a sociedade que vivemos? Em que medida nossa maneira de teorizar sobre a sociedade afeta nossa ideologia e vice-versa? Existe socialismo científico? Em suma, trata-se de uma discussão antiga e complexa, que extrapola muito o campo anarquista e que tem por objetivo fornecer respostas para as nossas tentativas de compreender a sociedade em que vivemos e as melhores estratégias para nela intervir, tendo por base nossos princípios e nossa estratégia geral, e visando estabelecer um processo revolucionário de transformação rumo ao socialismo libertário.”

Os textos aqui apresentados inserem-se em um processo mais geral – que vem sendo levado a cabo de maneira mais efetiva desde meados de 2012, com a fundação da CAB – de estabelecimento de bases comuns e aprofundamento de posições para o caminho que pretendemos trilhar nos próximos anos, rumo a uma organização nacional.

Esse ano de 2012 foi importante pelo ciclo de lutas em escala nacional, com o qual todas nossas organizações se envolveram. Com a ascensão das mobilizações, o anarquismo também ganhou destaque e, de uma maneira ou outra, a CAB tem colhido bons frutos desse processo. Esperamos que essa edição da revista possa contribuir com esse fortalecimento do anarquismo especifista no cenário das lutas que vêm sendo travadas nos mais diversos espaços sociais.

Viva a revolução social! Viva o anarquismo!
Rumo à organização nacional!

Coordenação Anarquista Brasileira. Dezembro de 2013